Insatisfação profissional, desmotivação e desinteresse são, infelizmente, cada vez mais comuns nas mais variadas atividades profissionais. E as razões para que tal aconteça são várias. No entanto, esta condição de insatisfação é, quase sempre, o ponto de partida para o desejo de mudança, a necessidade de dar início a um novo caminho e começar um novo percurso profissional. Mas fazê-lo pode ser um processo bastante complexo. Adquirir e reinventar competências, ajustar formas de trabalho e orientar todo o percurso para um novo rumo pode mesmo ser bastante desgastante e, em muitos casos, frustrante.

Nestes casos, o coaching pode ser a ferramenta essencial e indispensável para que, de uma forma assertiva e objetiva, possamos redirecionar a nossa carreira profissional.

O que é o coaching de carreira

O coaching de carreira é, de uma forma muito geral, a vertente do coaching que acompanha todo o processo de mudança e orientação da carreira profissional. Ao longo deste processo, o coach ajuda cada pessoa a identificar claramente quais os seus objetivos profissionais, ao mesmo tempo que, juntos, planeiam e definem estratégias que levarão à concretização desses mesmos objetivos.

No entanto, o coaching de carreira não se foca apenas na concretização de objetivos profissionais específicos. Para que isto seja possível, é vital que outras competências e capacidades sejam trabalhadas e desenvolvidas. Ao longo das sessões de coaching, todo o trabalho será orientado no sentido de encontrar um equilíbrio dinâmico entre as componentes pessoal e profissional, ou seja, uma integração entre as duas vertentes de forma a que a pessoa consiga encontrar o seu equilíbrio e, consequentemente, se sinta mais segura e confiante nas diferentes situações com que é confrontada.

O coach incentivará o autoconhecimento do seu coachee e, desta forma, este conseguirá identificar com mais clareza quais as suas principais características, pontos fortes e pontos fracos, fragilidades e, também, que tipo de competências terá de trabalhar de forma mais acentuada para ser capaz de, com mais confiança, avançar no seu percurso.

Porquê recorrer ao coaching de carreira

Talvez este tipo de coaching seja bem mais relevante do que aquilo que possamos pensar. Muitas vezes, possuímos as competências e ferramentas necessárias para vingar em determinada carreira, mas, com frequência, estas mesmas competências não estão a ser usadas da forma mais eficaz possível. Noutros casos, é mesmo necessário trabalhar cada uma destas características de uma forma individual para que estas se tornem uma mais-valia no trabalho que desempenhamos e no objetivo que queremos alcançar. Mas, em paralelo, é também necessário desenvolver competências pessoais que, certamente, se vão refletir de forma muito positiva na nossa vida profissional.

Cada coach desenvolverá metodologias e ferramentas adequadas a cada pessoa e mediante os objetivos específicos definidos.

Recomeçar ou redefinir uma carreira profissional pode ser um processo muito complexo e o acompanhamento por um profissional especializado é absolutamente decisivo.

Como contratar um bom coaching de carreira

A gestão de carreira não é, para grande parte das pessoas, uma tarefa simples e exequível. Mais difícil ainda, muitas vezes, é termos a capacidade de olharmos “de fora” para a nossa própria vida e para a nossa carreira. E, aqui, entra o coaching.

Contudo, o coaching deve ser um processo rigoroso e desempenhado por um profissional especializado e credenciado para o efeito.

Transformar a nossa carreira, definir novos objetivos e metas a alcançar, perceber que pontos podemos melhorar e que competências devemos explorar e trabalhar, deve ser um processo desenvolvido cuidadosamente e com o acompanhamento adequado. Procurar um bom coach pode ser uma tarefa árdua e esta deve ser uma decisão ponderada e tendo em conta a forma como o próprio coach desenvolve, orienta e personaliza os seus métodos. Cada pessoa é um ser único e totalmente individual e, por isso, o coaching deve, inequivocamente, ser desenvolvido à sua medida e de acordo com as suas necessidades e objetivos específicos.

Apesar de existirem métodos ou ferramentas conhecidos que são aplicados no coaching, devemos certificar-nos de que estes são adequados ao que pretendemos efetivamente conseguir e que o coach que escolhemos para nós tem a capacidade de nos ouvir, de perceber concretamente aquilo que queremos atingir e de nos ajudar em todo este processo de uma forma bastante objetiva e direcionada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *